- Advertisment -
Inicio Hackers Hackers se passam pela Netflix para roubar dados bancários

Hackers se passam pela Netflix para roubar dados bancários

-

Um novo e-mail falso está circulando para usuários da Netflix que, supostamente, estão com o pagamento da assinatura atrasado. O mais recente ataque de phishing, que significa enganar indivíduos para compartilhem informações como senha e cartões de crédito, foi identificado pela empresa de segurança digital ESET.

No e-mail, os cibercriminosos se passam pela Netflix e avisam que o usuário está com o pagamento atrasado. O assunto da mensagem é “Alerta de notificação”, e o texto informa que, caso não realize o pagamento rapidamente, o usuário terá sua conta suspensa imediatamente.

Além disso, o e-mail também vem com um botão vermelho que contém a frase “Atualize seus detalhes de pagamento”. Clicando no botão, o usuário é redirecionado para um site falso onde deve atualizar suas informações particulares, como número do cartão de crédito e CPF. O tempo máximo para enviar as informações é de 48 horas.

ESET

 (Eset/Reprodução)

Segundo a ESET, os ataques de phising aumentaram consideravelmente durante a quarentena – especialmente na América Latina. No primeiro semestre de 2020, a empresa registrou um aumento de 600% nos ataques cibernéticos em comparação ao mesmo período do ano passado.

Embora os serviços de e-mail tenham o costume de filtrar mensagens consideradas prejudiciais como spam, ainda é possível que e-mail falsos – como este da Netflix – cheguem para a caixa de entrada.

Para evitar cair em ataques virtuais, a empresa recomenda sempre verificar se o e-mail possui algum endereço eletrônico registrado – se não tiver, significa que não foi enviado pelas contas oficiais da empresa. Outro sinal de golpe é o e-mail redirecionar para algum site que não esteja com o endereço oficial da empresa ou loja.

O conteúdo da mensagem, em casos de dúvida, também deve ser verificado. Em casos de golpe, é comum que o texto contenha erros de escrita ou até que o nome da empresa apareça no final da mensagem, em letra minúscula – como aconteceu no e-mail falso supostamente disparado pela Netflix.

A ESET reforça que os usuários sempre devem checar as fontes oficiais da empresa quando receberem um e-mail de urgência. No caso da Netflix, bastaria entrar na conta pelo site oficial e verificar a situação do pagamento. Em alguns casos, clicar em links falsos também pode significar perder a privacidade de seu computador para vírus.

Últimos Posts

Sem apoio na OMC, Índia tirou Brasil da lista de prioridades para as vacinas contra Covid-19

A Índia vem deixando claro, nos últimos dias, que vender vacinas para o Brasil não é...

YouTube suspende canal de Donald Trump por mais uma semana

O presidente dos EUA, Donald Trump — Foto: Erin...

Petrobras está em negociação com Ultrapar para venda da refinaria Refap

Sede da Petrobras — Foto: André Motta de Souza...

‘Cortei plano de saúde e escola dos filhos’: 2 anos depois, ex-metalúrgicos da Ford seguem desempregados e endividados

Em 17 de fevereiro de 2019, a Ford anunciou que fecharia uma de suas históricas fábricas...
- Advertisement -

Bolsa dos EUA fecham em alta com endosso de Yellen a mais estímulos

Os principais índices acionários de Wall Street subiram nesta terça-feira (19), à medida que a indicada...

Preços do petróleo sobem por otimismo com estímulos antes da posse de Biden

Os preços do petróleo acompanharam os mercados acionários norte-americanos e avançaram nesta terça-feira (19), antes da...

Leitura Obrigatoria

A empresa de pesquisa Nielsen está utilizando a mesma...
“O Céu da Meia-Noite”, filme estrelado e dirigido por...
- Advertisement -
- Advertisement -

Você também pode gostar dissoRelacionado
Recomendado para você