Banco Central Após reunião no BC, Whatsapp diz que busca retomar sistema de pagamentos

Após reunião no BC, Whatsapp diz que busca retomar sistema de pagamentos

-

- Advertisment -

Depois de se reunir com o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto na quarta-feira, o WhatsApp disse, em nota, que busca retomar com o seu sistema de pagamentos “o breve possível”.

O serviço de pagamentos e transferências pelo aplicativo lançado na semana passada foi suspenso pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e pelo BC na terça-feira. Especialistas apontam que a suspensão aconteceu devido a preocupações com a competitividade do setor e com a segurança dos usuários.

No comunicado assinado pelo chefe da empresa, Will Cathcart, a empresa afirma que trabalhará em conjunto com parceiros e com autoridades brasileiras para voltar com o serviço.

“Ontem nos reunimos com as autoridades do Banco Central e estamos animados em permitir que os brasileiros enviem pagamentos seguros e sem dinheiro físico no WhatsApp o mais breve possível. Isso é ainda mais crítico enquanto as pessoas estão isoladas e as empresas enfrentam sérios desafios econômicos devido ao Covid-19”.

Na tarde de quarta-feira, o presidente do BC e alguns diretores receberam representantes do Facebook, dono do WhatsApp, e da própria empresa do aplicativo de mensagens. Segundo a nota do WhatsApp, o BC disse que gostaria de encontrar uma solução para o problema.

“O Banco Central expressou sua intenção de encontrar um caminho com a Visa e a Mastercard para que o serviço prossiga, além de envolver outras autoridades para resolver quaisquer dúvidas pendentes”.

Outra preocupação do Banco Central concerne o Pix, o programa de pagamentos instantâneos promovido pela autoridade monetária, que deve entrar em funcionamento em novembro. Em nota publicada no início da semana, o BC ressaltou a importância de um sistema competitivo, aberto, seguro e transparente.

Na nota do WhatsApp, Catchart afirma que a empresa manifestou seu apoio a essa ideia.

“O WhatsApp afirmou seu apoio a um modelo pró-competitivo e aberto para pagamentos e também seu compromisso em fornecer pagamentos via PIX tão logo o sistema esteja disponível. O Banco Central ressaltou que respalda plataformas como o WhatsApp que estão inovando em pagamentos digitais e criando novas maneiras de apoiar pessoas e pequenas empresas em todo o Brasil.”

A consultoria Arko Advice, em nota a clientes, aponta que o BC deve rever a suspensão. Segundo essa informação, a tendência é que o Banco Central libere o serviço, “apesar de possíveis regulamentações”.

Últimos Posts

Sistema Solar pode chegar ao fim antes do previsto

O Sistema Solar pode chegar ao fim antes do que se previa anteriormente. É o que sugere um novo...

James Wan, de Aquaman, está produzindo novo filme de Van Helsing

O cineasta James Wan está desenvolvendo, como produtor executivo, o novo filme de Van Helsing para a Universal Studios....

Black Friday Magalu despacha mais de 1 milhão de itens por dia

Mais de 1 milhão de itens despachados por dia. Esse é o recorde batido pelo Magazine Luiza, que, com...

Como hackers podem usar cientistas para criar genes perigosos

Em uma nova carta ao editor tirada da prestigiosa revista científica Nature, uma equipe de pesquisadores israelenses levanta uma...
- Advertisement -

Supernatural: quais são as melhores temporadas da série?

Analisando a história e a trajetória de Supernatural, ao longo de 15 temporadas o público acompanhou tramas extremamente interessantes....

Estes produtos de Metal Gear Solid farão qualquer um virar Snake

Em parceria com a companhia de moda japonesa Super Groupies, a Konami lançou uma linha de produtos e acessórios...

Leitura Obrigatoria

- Advertisement -
- Advertisement -

Você também pode gostar dissoRelacionado
Recomendado para você