29 de junho de 2022 foi dia mais curto dos últimos 60 anos, constatam especialistas

gizmodo 1 semana atrás
Atualizada 2022/08/05 at 8:13 AM

29 de junho de 2022 foi dia mais curto dos últimos 60 anos, constatam especialistas

Uma ligeira oscilação na Terra tornou 29 de junho de 2022 o dia mais curto dos últimos 60 anos. Nessa data, uma quarta-feira, a Terra completou seu giro 1,59 milissegundos antes de bater 24 horas, como registrou o site especializado em fuso horários TimeandDate

Contents

Um dia – ou a diferença do tempo que a Terra leva para girar uma vez em seu eixo – tem 86.400 segundos, o que equivale a 24 horas. Mas há indícios de que a Terra anda com “mais pressa” que o normal. 

Em 2020, o site registrou que 2020 teve 28 dias mais curtos desde 1960, quando surgiram os primeiros relógios atômicos. Até então, o menor dia havia sido 19 de julho de 2020, com -1,47 milissegundos. Em 26 de julho de 2022, o recorde quase foi quebrado novamente: terminou com 1,50 milissegundos a menos. 

O que explica? 

O giro da Terra não é perfeito. O surgimento dos relógios atômicos, em 1960, mostrou que a duração média de um dia pode variar em milissegundos. Ainda assim, fica claro que o planeta está, sim, se movimentando mais rápido nos últimos anos por causa da recorrência do evento. 

À Fox News, especialistas associaram o dia mais curto ao fenômeno “Chandler Wobble”, que sinaliza a mudança na rotação da Terra no seu eixo, registrado pela primeira vez no final da década de 1880 por Seth Carlo Chandler. 

Oscilações na Terra também podem derivar das marés oceânicas, gravidade da Lua, eventos climáticos e processos nas camadas internas ou externas do planeta. 

Apesar de parecer que estamos “perdendo tempo”, 1,59 milissegundos não afeta a vida do ser humano tanto assim – pelo menos por enquanto. 

The post 29 de junho de 2022 foi dia mais curto dos últimos 60 anos, constatam especialistas appeared first on Gizmodo Brasil.

Share this Article
Leave a comment

Deixe um comentário