Um novo cronograma para os principais marcos da iniciativa Privacy Sandbox

Google Brasil 1 ano atrás
Atualizada 2021/08/30 at 10:40 PM
Estamos anunciando hoje as últimas novidades sobre a iniciativa Privacy Sandbox. As novidades incluem um cronograma do plano do Chrome de encerrar o suporte a cookies de terceiros. Apesar dos avanços consideráveis nesse projeto, já está claro que é preciso mais tempo para que tudo funcione da melhor maneira possível em todo o ecossistema.
 
O objetivo da iniciativa Privacy Sandbox é criar tecnologias de web que protejam a privacidade das pessoas na web e, ao mesmo tempo, deem a empresas e desenvolvedores as ferramentas necessárias para construir negócios digitais bem-sucedidos. Com isso, a internet pode continuar aberta e acessível para todos – agora e no futuro. Para que isso aconteça, acreditamos que a comunidade da web precisa se unir e desenvolver um conjunto de padrões abertos, aprimorando ainda mais a privacidade na rede. Isso vai criar mais transparência para os usuários e mais controle sobre o uso de seus dados.
 
Para chegar lá, precisamos avançar em um ritmo responsável – que dê ao público tempo suficiente para debater abertamente as soluções certas e para que os veículos de mídia e a indústria de publicidade migrem seus serviços. Com isso, evitamos colocar em risco os modelos de negócios de muitos editores que oferecem conteúdo gratuitamente. Ao mesmo tempo, a iniciativa de oferecer tecnologias que protegem a privacidade ajuda nossa indústria a garantir que os cookies não sejam substituídos por formas alternativas de rastreamento individual, retirando os incentivos a estratégias ocultas de rastreamento, como o chamado “fingerprinting”.
Vamos seguir trabalhando com o ecossistema para criar abordagens que aumentem a privacidade em áreas fundamentais como mensuração de resultados, entrega de anúncios e conteúdo relevante aos usuários assim como na identificação de fraudes. Atualmente, o Chrome e outros participantes da indústria já desenvolveram mais de 30 propostas, e quatro delas estão disponíveis para testes. Nosso objetivo no Chrome é ter as principais tecnologias em uso até o final de 2022, para que a comunidade de desenvolvedores comece a adotá-las. Como parte de nosso engajamento e de nossos compromissos com a Competition and Markets Authority (CMA) do Reino Unido, o Chrome poderia então encerrar o suporte aos cookies de terceiros ao longo de um período de três meses, começando em meados de 2023 e terminando no fim desse mesmo ano.
 
Cada uma dessas propostas passa por um processo de desenvolvimento público rigoroso e por várias etapas – incluindo amplos debates e períodos de testes. Isso está alinhado ao desenvolvimento de outras APIs abertas e tecnologias de internet:
  • Debates: As tecnologias e seus protótipos são discutidos em fóruns como GitHub ou W3C;
  • Testes: As tecnologias passam por testes rigorosos no Chrome. Isso cria transparência e permite receber sugestões e feedbacks. Um exemplo: recebemos muitas opiniões importantes da comunidade da web durante os ensaios para a primeira versão do FLoC. Planejamos concluir esse ensaio ao longo das próximas semanas e incorporar as sugestões antes de avançar para as próximas fases;
  • Pronto para adoção: Depois que o processo de desenvolvimento estiver completo, as tecnologias bem-sucedidas estarão prontas para serem usadas em grande escala. Elas serão lançadas no Chrome e estarão prontas para uso em larga escala por toda a web.
Após esse processo de desenvolvimento público (e a depender de nossas conversas com a CMA), nosso plano para o Chrome é encerrar aos poucos o suporte para cookies de terceiros, em duas etapas:
  • Primeira etapa (início no final de 2022): Uma vez que os testes estiverem completos e as APIs forem lançadas no Chrome, anunciaremos o início da primeira etapa. Nela, editores e o setor de publicidade terão tempo para fazer a migração de seus serviços. Esperamos que essa primeira etapa ocorra em nove meses, e vamos monitorar cuidadosamente a adoção e as sugestões dos usuários antes de passar à etapa seguinte.
  • Segunda etapa (início em meados de 2023): O Chrome vai encerrar aos poucos o suporte a cookies de terceiros ao longo de um período de três meses, a ser encerrado no final de 2023.
Em breve vamos apresentar um cronograma mais detalhado no site privacysandbox.com. Esse cronograma será constantemente atualizado para garantir a clareza e o espaço para que desenvolvedores e editores planejem seus períodos de teste e migração.
 
Além de avançar no desenvolvimento de alternativas a cookies de terceiros, continuamos progredindo em outro objetivo da Privacy Sandbox: combater o rastreamento oculto por meio de estratégias como“fingerprinting”. Como exemplo, no mês passado publicamos uma atualização a nossos planos para redução de cadeias de User Agent. O objetivo do projeto é diminuir a possibilidade de usar esse tipo de dado para identificar e rastrear usuários individuais pela web.
 
Acreditamos que a Privacy Sandbox vai oferecer as melhores proteções de privacidade para todos. Ao garantir que o ecossistema seja capaz de apoiar seus negócios sem rastrear pessoas na web, poderemos garantir que o acesso livre ao conteúdo continue. E, diante da importância dessa missão, é preciso ter tempo para avaliar as novas tecnologias, colher sugestões e testar várias versões até ter certeza de que as tecnologias cumprem nossos objetivos de privacidade e desempenho – dando, também, tempo para que os desenvolvedores sigam o melhor caminho para a privacidade.
Postado por Vinay Goel, diretor de Privacy Engineering do Chrome

TAGGED: Google
Share this Article