Crise climática está impactando o sexo biológico de tartarugas bebês, dizem cientistas

CNN BRASIL 1 semana atrás
Atualizada 2022/08/08 at 8:56 AM

As tartarugas marinhas da Flórida estão enfrentando um problema único agravado pela mudança climática: as recentes ondas de calor fizeram com que a areia de algumas praias ficasse tão quente que quase todas as tartarugas nascidas eram fêmeas.

“O assustador é que os últimos quatro verões na Flórida foram os verões mais quentes já registrados”, disse Bette Zirkelbach, gerente do Turtle Hospital em Marathon, uma cidade nas Florida Keys, que é uma cadeia de ilhas tropicais que se estende desde o sul fim do estado.

“Cientistas que estão estudando filhotes e ovos de tartarugas marinhas não encontraram machos, então apenas tartarugas marinhas fêmeas nos últimos quatro anos”, disse Zirkelbach, cujo centro de tartarugas opera desde 1986.

A tendência é apenas um dos muitos sinais de que a crise climática está interferindo nos ecossistemas naturais da Terra, avançando rápido demais para que muitas espécies se adaptem.

Quando uma tartaruga fêmea cava um ninho na praia, a temperatura da areia determina o sexo dos filhotes. Zirkelbach disse que um estudo australiano mostrou estatísticas semelhantes — “99% dos novos bebês de tartarugas marinhas são do sexo feminino”.

Em vez de determinar o sexo durante a fertilização, o sexo das tartarugas marinhas e dos jacarés depende da temperatura dos ovos em desenvolvimento, de acordo com a Administração Nacional Oceanográfica Atmosférica (NOAA).

Se os ovos de uma tartaruga incubarem abaixo 27,7ºC, os filhotes de tartaruga serão machos, enquanto se incubarem acima de 31ºC, serão fêmeas, de acordo com o site do Serviço Nacional do Oceano da (NOAA).

“Ao longo dos anos, você verá um declínio acentuado em sua população porque simplesmente não temos a diversidade genética”, disse Melissa Rosales Rodriguez, cuidadora de tartarugas marinhas do recém-inaugurado hospital de tartarugas no zoológico de Miami.

“Não temos a proporção macho-fêmea necessária para podermos ter sessões de reprodução bem-sucedidas”.

Os dois hospitais de tartarugas também estão lutando contra tumores em tartarugas conhecidos como fibropapilomatose, também conhecida como FP. Esses tumores são contagiosos para outras tartarugas e podem causar a morte se não forem tratados.

Com o clima afetando o futuro das tartarugas e a doença sendo tão difundida, Zirkelbach vê a necessidade de salvar todas as tartarugas que puder e abrir mais centros de reabilitação.

“O Turtle Hospital foi o primeiro. Mas, infelizmente e felizmente, há uma necessidade em toda a Flórida.”

 

Este conteúdo foi originalmente publicado em Crise climática está impactando o sexo biológico de tartarugas bebês, dizem cientistas no site CNN Brasil.

Share this Article