>>>
- Advertisment -
Inicio Brasil Pequim registra mais 27 casos de Covid-19 e bloqueia outros sete bairros

Pequim registra mais 27 casos de Covid-19 e bloqueia outros sete bairros

-

1 de 1
Um profissional de saúde examina e faz teste em uma mulher que visitou o mercado Xinfadi, em Pequim — Foto: Noel Celis / AFP Photo

Um profissional de saúde examina e faz teste em uma mulher que visitou o mercado Xinfadi, em Pequim — Foto: Noel Celis / AFP Photo

As autoridades de Saúde da China registraram 27 novas infecções por Covid-19 em Pequim nesta terça-feira (16), onde outro mercado foi fechado e mais sete áreas residenciais próximas foram bloqueadas.

O saldo dos novos casos de contágio por coronavírus nos últimos cinco dias na capital chinesa é de 106 infecções.

Cinco mercados foram fechados totalmente ou em parte, incluindo o de Xinfadi, um dos maiores da Ásia, onde o vírus foi detectado na semana passada.

O ressurgimento da doença despertou o medo de uma “segunda onda”, e a Organização Mundial da Saúde (OMS) informou na segunda-feira (15) que estava acompanhando a situação em Pequim “de muito perto” e mencionou o possível envio de mais especialistas nos próximos dias.

As autoridades começaram a examinar dezenas de milhares de habitantes.

O surto ocorreu depois que o país anunciou que praticamente erradicou a epidemia nos últimos meses.

No bairro de Xicheng, no centro da capital, o mercado de Tiantaohonglian foi fechado depois que um funcionário deu positivo para coronavírus, informou a televisão nacional na manhã desta terça.

30 áreas fechadas

Cerca de trinta áreas residenciais próximas a mercados fechados foram colocadas em quarentena por 14 dias, confinando milhares de moradores.

Na segunda-feira, o prefeito anunciou o fechamento de todas as instalações esportivas e culturais, que acabaram de reabrir após meses fechados.

No resto do país, várias cidades anunciaram que os viajantes de Pequim ficariam em quarentena.

Além dos 27 novos casos na capital, o Ministério da Saúde anunciou quatro casos de infecção na província vizinha de Hebei e um em Sichuan (sudoeste).

No país como um todo, o Ministério da Saúde indicou que oito dos novos pacientes eram viajantes que haviam chegado do exterior nas últimas 24 horas, elevando o total para 1.845 casos.

Segundo dados oficiais, foram registrados 83.221 casos de contágio na China, incluindo 4.634 mortes. No último mês, nenhuma morte foi relatada.

Últimos Posts

Governo libera pagamento do Garantia-Safra para 197 mil agricultores familiares

Produtos da agricultura familiar no Piauí — Foto: Divulgação/Ccom...

O que acontece quando um post no Twitter é marcado como enganoso

Marcação do Twitter em post do ministério. Pasta apagou...

Balança comercial registra déficit de US$ 2,634 bilhões na segunda semana de janeiro

A balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 2,634 bilhões na segunda semana de janeiro, informou...

Ações europeias fecham em alta com salto de Stellantis e papéis de luxo

As ações europeias subiram nesta segunda-feira (18) uma vez que o forte avanço dos papéis da...
- Advertisement -

Último dia para aproveitar os saldos de verão da Amazon

Hoje, 18 de outubro, é o último dia para você aproveitar as ofertas de verão da Amazon. São descontos...

Estúdio de design cria bola de futebol que não precisa ser inflada

O futebol é o esporte mais popular do mundo, em parte porque o único equipamento de que você precisa...

Leitura Obrigatoria

- Advertisement -
- Advertisement -

Você também pode gostar dissoRelacionado
Recomendado para você