Ads
Advertisements

“A pandemia de Covid-19 não apenas barrou o progresso —empurrou ele para trás”, disse Bill Gates, fundador da Microsoft, em uma videoconferência nesta segunda-feira (14). De acordo com a Fundação Bill & Melinda Gates, os últimos 25 anos de trabalho contra doenças mortais foram apagados em apenas 25 semanas.

A videoconferência divulgou o relatório anual da fundação, que mede o enfrentamento global em metas como: redução da pobreza, melhora dos índices de alfabetização, aumento do acesso a água potável, assistência de saúde e vacinas.

Além dos baques econômicos, importantes questões de saúde pública foram abaladas. Muitas crianças não estão recebendo vacinas salvadoras de vida. As taxas de vacinação DTP (difteria, tétano e coqueluche) baixaram para valores que não eram vistos desde os anos 90.

Desenvolvimento

Este ano, pela primeira vez, o relatório não trouxe nenhum progresso ­além da redução do tabagismo. Durante a pandemia do novo coronavírus, o mundo retrocedeu em mais de uma dezena de metas de desenvolvimento sustentável e justiça social.

“Temos que enfrentar a realidade atual com franqueza”, diz o relatório. “Nós regredimos.” Segundo ele, apenas com uma vacina segura, confiável e amplamente disponível, que barre o vírus, será possível retomar o progresso.

Nas últimas décadas, as pessoas ao redor do mundo têm se tornado relativamente mais ricas e saudáveis. O número de gente sobrevivendo com menos de US$1,90 por dia —a linha da extrema pobreza— era reduzido, mesmo que lentamente, ano após ano. Até agora.

“Já tivemos um acréscimo de 37 milhões de pessoas vivendo em situação de extrema pobreza”, contou Gates.

2020 nos trouxe a pandemia e aumentou o abismo entre ricos e pobres no mundo todo, mesmo em países desenvolvidos como os Estados Unidos. Um retrocesso sem precedentes nos 20 anos de trabalho da fundação. “Todas as metas estavam evoluindo na direção certa. Mas a pandemia agravou as desigualdades”, disse Gates.

A última vez em que vimos tantos países em crise ao mesmo tempo foi durante a Grande Depressão, iniciada em 1929 com a quebra da bolsa de Nova York e durando por vários anos. “É a pior recessão desde o fim da Segunda Guerra Mundial”, informa o relatório.

Educação

A educação também sente os efeitos da crise. Algumas crianças podem nunca recuperar o conhecimento perdido e, por exemplo, nunca aprender a ler. Uma das principais preocupações da fundação é com garotas que deixaram a escola e que agora estão sob risco de abusos físicos e sexuais, como o que aconteceu durante a epidemia de ebola na África, entre 2013 e 2016.

Vacinas

A maioria das cerca de 175 vacinas contra o Sars-CoV-2 sendo testadas no mundo todo não irá funcionar, segundo a fundação. Algumas delas estão em desenvolvimento nos EUA, mas de acordo com o relatório, a probabilidade de sucesso é de “7% nos estágios iniciais e 17% na etapa de testes em humanos”.

Bill Gates acredita que apenas um mundo em que a maior parte das pessoas tiver sido inoculada contra o vírus “é o que nos permitirá voltar ao normal”. Por isso, é importante que a futura vacina seja distribuída globalmente. “Não deve ser uma guerra de leilões, apenas entre os países mais ricos”, disse. “É hora de aumentarmos a generosidade.”

Gates acredita que levará entre dois e três anos para que as metas de desenvolvimento global voltem aos trilhos. “Acreditamos que vamos superar isso”, finalizou.

Source: Bill Gates diz que pandemia apagou 25 anos de progresso em 25 semanas