Quando o wi-fi foi criado e o que o nome significa

-- Anúncie --


Graças a esta tecnologia, podemos nos conectar à internet sem a necessidade de cabos. Graças à tecnologia wi-fi, podemos nos conectar à internet sem a necessidade de cabos
Getty Images via BBC
Para muitos, a palavra wi-fi se tornou uma das primeiras pronunciadas quando entramos em um lugar pela primeira vez.
Quer seja na casa de amigos, num restaurante ou numa sala de espera, perguntar se tem wi-fi e qual é a senha faz parte da rotina para garantir que estejamos sempre conectados à internet.
Mas você já se perguntou de onde vem essa palavra?
Dada sua semelhança com Hi-Fi (abreviatura em inglês para “High Fidelity”, que significa Alta-fidelidade), alguém poderia supor que o termo é derivado de Wireless Fidelity, ou seja, da fidelidade do sinal sem fio. Mas a palavra wi-fi é uma invenção que não tem nada a ver com isso.
Conforme revelou em 2005 Phil Belanger, um dos membros fundadores da Wi-Fi Alliance, a associação global de empresas que deu origem ao wi-fi, a palavra não significa absolutamente nada: nasceu simplesmente como resultado de uma estratégia de marketing.
O termo wi-fi foi criado pela agência de marketing Interbrand, que foi encarregada do lançamento da marca e apresentou 10 sugestões de nomes à Wi-Fi Alliance para que escolhessem um. “Precisávamos de algo um pouco mais atrativo do que ‘IEEE 802.11 b Direct Sequence”, explicou Belanger.
A confusão quanto ao significado do nome deste padrão de comunicação sem fio parece ter surgido como resultado de a empresa ter adicionado inicialmente em suas promoções a frase: “o padrão para fidelidade sem fio”, uma vez que os membros do conselho de administração não confiavam em usar um nome inventado que não estivesse associado a nenhum significado.
Mais tarde, eles reconheceram que adicionar este texto foi um erro, disse Belanger, e removeram essa frase explicativa.
Invenção relativamente nova
A Wireless Ethernet Compatibility Alliance (hoje Wi-Fi Alliance), que deu origem ao wi-fi, foi formada em setembro de 1999 por seis empresas. Atualmente, cerca de 800 fazem parte do grupo.
Mas antes de nascer esse sistema que transmite informações por ondas de rádio (que usa frequências entre 2 e 5 gigahertz do espectro eletromagnético), houve outras invenções e empreendimentos que tornaram essa forma de comunicação possível.
Guia do 5G: quando a tecnologia chegará ao Brasil? Veja perguntas e respostas
Uma das iniciativas mais notáveis ​​surgiu do esforço e da inteligência de Hedy Lamarr, uma aclamada estrela de Hollywood dos anos 1940 que, além de encenar o primeiro orgasmo em um filme, era um gênio da tecnologia.
Durante a Segunda Guerra Mundial, a atriz desenvolveu um sistema de torpedos guiados por rádio que os impedia de serem detectados pelo inimigo, e uma tecnologia de espectro alargado por salto de frequência que acabou dando origem ao primeiro padrão de conexão wi-fi (IEEE 802.11) em 1997.
Outro passo importante no estabelecimento desta tecnologia ocorreu no início dos anos 1970, quando foi criada uma rede sem fio chamada ALOHAnet, que demonstrou que era possível enviar dados sem o uso de fios entre as ilhas do Havaí.
E em 1991, como explica a revista New Scientist, a AT&T e a NCR criaram o precursor do wi-fi como uma forma de conectar caixas registradoras, chamado WaveLAN.
Esta tecnologia — cujo potencial não foi imediatamente apreciado no início — se tornou tão popular que o Instituto de Engenheiros Elétricos e Eletrônicos (IEEE) criou o padrão 802.11 que hoje chamamos de wi-fi e que é fundamental para as comunicações.
Saiba mais sobre o 5G, a próxima geração de redes móveis:
5 mudanças do 5G na vida das pessoas

-- Anúncie --

Related Articles

Stay Connected

1,637FãsCurtir
488SeguidoresSeguir
6,721InscritosInscrever
-- Anúncie --

ùltimos Posts