1 de 2
Fachada do prédio da B3, a bolsa brasileira, no Centro de São Paulo — Foto: Rahel Patrasso/Reuters

Fachada do prédio da B3, a bolsa brasileira, no Centro de São Paulo — Foto: Rahel Patrasso/Reuters

O principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3, opera em queda nesta sexta-feira (26), após semana volátil, seguindo o clima de cautela visto no exterior, em meio às persistentes dúvidas de investidores sobre a pandemia e seus efeitos econômicos.

Às 11h38, o Ibovespa caía 1,12%, a 94.906 pontos. Veja mais cotações.

Entre os destaques do dia, Cielo caía mais de 3%, Bradesco perdia acima de 2% e Petrobras recuava mais de 1%.

Na quinta-feira, a Bolsa avançou 1,70%, encerrando o dia aos 95.983 pontos. Na parcial do mês, o Ibovespa passou a acumular alta de 9,82%, mas no ano ainda registra queda de 17%.

Número de casos de Covid-19 aumenta na Europa em meio a onda de calor

Número de casos de Covid-19 aumenta na Europa em meio a onda de calor

Cenário local e externo

Para a Guide Investimentos, na falta de grandes desenvolvimentos, os ativos de risco locais devem ter um dia de viés neutro/positivo, e devem continuar reféns dos movimentos verificados no exterior.

Lá fora, as ações europeias subiam nesta sexta-feira, sustentadas por atualizações positivas de empresas, embora os investidores continuem cautelosos com o ressurgimento dos casos de Covid-19 nos Estados Unidos e seu impacto na economia global.

Nesta sexta, a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, avaliou que a zona do euro “provavelmente superou” o pior da crise econômica causada pela pandemia, mas alertou que a recuperação será “desigual” e “incompleta”.

2 de 2
Variação do Ibovespa em 2020 — Foto: G1 Economia

Variação do Ibovespa em 2020 — Foto: G1 Economia

CORONAVÍRUS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui