- Advertisment -
Inicio Brasil Ruanda emite ordem de prisão internacional contra ex-chefe de inteligência acusado de genocídio

Ruanda emite ordem de prisão internacional contra ex-chefe de inteligência acusado de genocídio

-

1 de 1
Fotos de vítimas do massacre de 1994 em Ruanda — Foto: Noor Khamis/File Photo/Reuters

Fotos de vítimas do massacre de 1994 em Ruanda — Foto: Noor Khamis/File Photo/Reuters

Ruanda emitiu uma ordem de prisão internacional contra o chefe da inteligência militar durante o genocídio de 1994.

“Emitimos uma ordem de prisão internacional contra Aloys Ntiwiragabo, suspeito de genocídio, afirmou o procurador-geral ruandês Aimable Havugiyaremye.

A França, onde Ntiwiragabo poderia estar, abriu recentemente uma investigação preliminar por “crimes contra a humanidade”, anunciou o MP do país.

Um meio de comunicação francês afirmou recentemente que ele foi encontrado no país europeu.

“Investigamos o caso e trabalhamos com a unidade francesa responsável por combater os crimes de guerra e crimes contra a humanidade”, disse o procurador.

A investigação na França foi aberta no fim de julho após a publicação de uma reportagem no site de notícias Mediapart que afirmava ter encontrado o homem, de 72 anos, perto de Orleans (região central do país).

Polícia francesa prende suspeito procurado pelo genocídio de Ruanda

Polícia francesa prende suspeito procurado pelo genocídio de Ruanda

O Tribunal Penal Internacional para Ruanda (TPIR) já havia emitido ordens de prisão contra Ntiwiragabo, que foram retiradas há alguns anos, segundo uma fonte judicial francesa.

Ntiwiragabo é citado nos documentos de acusação do TPIR de 1998 contra pessoas suspeitas de participar no genocídio em Ruanda.

O genocídio cometido em 1994 em Ruanda, pelo regime extremista hutu então no poder, deixou 800 mil mortos entre abril e julho daquele ano, essencialmente da minoria tutsi, mas também hutus moderados, de acordo com a ONU.

Últimos Posts

Nasdaq tem segundo recorde consecutivo com transição presidencial

Curiosos olham através das janelas da Nasdaq — Foto:...

Audiência da Vale com governo de MG termina sem acordo sobre Brumadinho

Parentes de vítimas de Brumadinho fazem homenagens neste sábado...
- Advertisement -

Exportação brasileira de cachaça cai 24% em 2020 com pandemia

Cachaça — Foto: Shutterstock ...

Justiça dos EUA rejeita pedido da Parler para que Amazon restaurasse a hospedagem da rede social

Imagem mostra aplicativo e página da rede social Parler...

Leitura Obrigatoria

- Advertisement -
- Advertisement -

Você também pode gostar dissoRelacionado
Recomendado para você