- Advertisment -
Inicio Brasil Contas externas têm superávit pelo 4º mês seguido em julho, informa BC

Contas externas têm superávit pelo 4º mês seguido em julho, informa BC

-

As contas externas registraram superávit de US$ 1,628 bilhão em julho deste ano, segundo números divulgados pelo Banco Central nesta terça-feira (25). Esse foi o quarto mês seguido de resultados positivos.

O resultado de transações correntes, um dos principais do setor externo do país, é formado pela balança comercial (comércio de produtos entre o Brasil e outros países), pelos serviços (adquiridos por brasileiros no exterior) e pelas rendas (remessas de juros, lucros e dividendos do Brasil para o exterior).

A melhora no resultado das contas externas nos últimos meses é fruto do saldo positivo da balança comercial brasileira, que tem sustentado bons números em meio à pandemia do novo coronavírus, principalmente por conta da queda de importações.

Além disso, déficits menores nas contas de serviços e renda também têm sido registrados, em razão do desaquecimento da economia mundial e do fechamento de fronteiras – este último fator contribuiu para o menor gasto de brasileiros no exterior em 16 anos em julho.

Segundo o BC, na parcial dos sete primeiros meses deste ano, a conta de transações correntes registrou um déficit de US$ 11,798 bilhões, o que representa uma queda de 62% frente ao mesmo período do ano passado (-US$ 30,998 bilhões). de US$ 2,235 bilhões nas contas externas.

Investimento estrangeiro

O Banco Central também informou que os investimentos estrangeiros diretos na economia brasileira somaram US$ 25,527 bilhões de janeiro a julho deste ano. Com isso, houve queda de 30% frente ao mesmo período de 2019, quando somaram (US$ 36,475 bilhões).

Mesmo assim, os investimentos estrangeiros foram suficientes para cobrir o rombo das contas externas no acumulado deste ano (US$ 11,798 bilhões).

Quando o déficit não é “coberto” pelos investimentos estrangeiros, o país tem de se apoiar em outros fluxos, como ingresso de recursos para aplicações financeiras, ou empréstimos buscados no exterior, para fechar as contas.

Somente em julho, os investimentos estrangeiros diretos na economia brasileira somaram US$ 2,685 bilhões, com recuo frente ao mesmo mês de 2019 – quando totalizaram US$ 5,328 bilhões.

  • Em todo ano passado, os investimentos estrangeiros diretos na economia brasileira somaram US$ 78,559 bilhões, com pequena alta frente ao ano anterior.
  • Para 2020, o Banco Central estima um ingresso de US$ 55 bilhões em investimentos estrangeiros diretos na economia brasileira.

Importações caem, e balança comercial tem saldo recorde em junho

Importações caem, e balança comercial tem saldo recorde em junho

Últimos Posts

Nasdaq tem segundo recorde consecutivo com transição presidencial

Curiosos olham através das janelas da Nasdaq — Foto:...

Audiência da Vale com governo de MG termina sem acordo sobre Brumadinho

Parentes de vítimas de Brumadinho fazem homenagens neste sábado...
- Advertisement -

Exportação brasileira de cachaça cai 24% em 2020 com pandemia

Cachaça — Foto: Shutterstock ...

Justiça dos EUA rejeita pedido da Parler para que Amazon restaurasse a hospedagem da rede social

Imagem mostra aplicativo e página da rede social Parler...

Leitura Obrigatoria

- Advertisement -
- Advertisement -

Você também pode gostar dissoRelacionado
Recomendado para você