Bolsas da Europa operam em alta após tombo da véspera

As bolsas da Europa operam em alta nesta sexta-feira (12) após tombo da véspera, quando os principais índices de ações europeias tiveram o pior dia em mais de 11 semanas por temores de uma segunda onda de contágio por coronavírus no mundo e dúvidas sobre o ritmo de recuperação economia.

Depois de oscilar entre altas e baixas logo após a abertura, às 8h22 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300 subia 1,35%, a 1.397 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhava 1,34%, a 358 pontos, segundo a Reuters. Na véspera, o índice havia registrado sua pior perda diária desde 23 de março.

O STOXX 600 está a caminho de uma perda semanal de 5,3% após quatro semanas seguidas de ganhos, e está quase 18% abaixo de uma máxima recorde de fevereiro.

As ações de montadoras, bancos, firmas de viagens e lazer e empresas de petróleo e gás –mais voltadas para o crescimento econômico — avançavam entre 1,5% e 2,4%, segundo a Reuters. Os setores de saúde e telecomunicações eram os únicos no vermelho.

Nesta sexta, dados oficiais mostraram que a produção industrial na zona do euro tombo 17,1% em abril, atingindo seu nível mais baixo da série histórica.

Nos EUA, os futuros dos índices de ações dos subiam cerca de 2%, indicando um pregão de recuperação.

Na Ásia, as principais bolsas fecharam em queda moderada nesta sexta-feira, enquanto que as ações chinesas fecharam em leve alta.

Veja as cotações de fechamento das principais bolsas da Ásia:

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,75%, a 22.305 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,73%, a 24.301 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,04%, a 2.919 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,18%, a 4.003 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 2,04%, a 2.132 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,92%, a 11.429 pontos.
  • Em SINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,72%, a 2.684 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 1,89%, a 5.847 pontos.

Tombo na véspera

Na véspera, a possibilidade de uma nova alta nos casos de Covid-19 nos EUA apagou esperanças de alívio nas medidas de isolamento, lembrando os investidores de que os danos econômicos causados pela pandemia ainda estão longe de terminar.

As incertezas sobre a economia da maior economia do mundo contribuíram para o mau humor nos mercados globais, após o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) ter projetado que a economia norte-americana deve recuar 6,5% em 2020, enquanto o desemprego deve fechar o ano ainda em 9,3%.

Medo de nova onda de contágio de coronavírus nos EUA derruba Bolsas de Valores pelo mundo

Related Articles

Stay Connected

21,920FãsCurtir
2,752SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles