Anúncio
Anuncie
Anúncio

Com a proximidade da Black Friday 2021, evento que acontece no próximo dia 26 de novembro, os e-commerces brasileiros entram na fase de preparativos.

No quesito segurança das vendas, a preocupação não é somente com os canais digitais, pois novas técnicas e golpes estão surgindo a cada momento, como é o caso das falsas centrais de atendimento que, segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), tiveram um crescimento de 340% no primeiro semestre deste ano.

Como o volume de transações por telefone cresceu no último ano 68%, os varejista começam a aposta na biometria de voz como uma solução para evitar tentativas de fraude.

Anúncio

Um bom exemplo desta inovação é a Minds Digital, empresa de autenticação digital especializada em biometria de voz, e que usa Inteligência Artificial (IA) para a autenticação em tempo real dos clientes no teleatendimento.

A plataforma ajuda a prevenir fraudes em operações feitas remotamente que utilizam algum tipo de reconhecimento via áudio. Atualmente, a startup possui mais de 25 mil vozes computadas diariamente, e em 64% delas, foi constatada alguma tentativa de burlar o sistema.

Segundo Marcelo Peixoto, CEO da Minds, o uso de IA e aprendizado de máquina para autenticar os clientes utilizando sua própria voz é uma das principais tendências em prevenção para a Black Friday.

Ao identificar o consumidor, pode-se prevenir tentativas de golpes em todos os processos do negócio, inclusive nos canais de relacionamento, como televendas e SAC.

“Para atender a alta demanda do mercado, é necessário alcançar uma precisão de pelo menos 86% na identificação das vozes, e dependendo da qualidade do áudio, a precisão pode chegar até 97%, feito que já conseguimos alcançar.

A cada nova melhoria na ferramenta, mais robusta ela fica, aumentando gradativamente seu nível de apuração ao longo do tempo’’, explica o executivo.

Segundo dados da Ebit|Nielsen, empresa especializada em análises do mercado varejista, a expectativa para a Black Friday deste ano é de que o Brasil chegue a um faturamento inédito de aproximadamente 10 bilhões de reais.

Em 2020, a data disparou em vendas em canais alternativos de compras, como o e-commerce e apps, devido às restrições do comércio físico causadas pela pandemia.

Apesar da grande expectativa, de acordo com uma pesquisa da Conversion, agência especializada na ferramenta de search engine optimization (SEO), 80,63% dos entrevistados afirmaram ter algum receio em relação às fraudes durante a Black Friday deste ano.

O medo não é em vão. Segundo estudo da PSafe, empresa especializada em segurança digital, 2021 irá ultrapassar os quase 10 bilhões de vazamentos de dados do ano passado.

Anúncio
Share.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
ArabicChinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianJapanesePortugueseRussianSpanish