Anúncio
Anuncie
Anúncio

A depressão é considerada o mal do século por muitos especialistas. Terapias e medicamentos são receitados com frequência, mas há pacientes graves que não reagem da forma esperada e desenvolvem uma forma resistente e debilitante da doença. Agora, pesquisadores da Universidade da Califórnia em São Francisco (UCSF), nos Estados Unidos, conseguiram tratar com sucesso uma paciente com depressão severa por meio do uso de um implante cerebral elétrico.

Os pesquisadores acessaram o circuito cerebral específico de Sarah — como a paciente de meia-idade pediu para ser chamada —, encontrando seus padrões depressivos e os redefinindo. A equipe modulou o circuito exclusivamente para os sintomas dela, o que aponta para a possibilidade de personalização do tratamento conforme a configuração cerebral de cada paciente. O estudo foi publicado no dia 4 de outubro, na revista científica Nature Medicine.

Anúncio

Leia mais…

Anúncio
Share.
Anúncio

Leave A Reply

Anúncio
Anúncio
ArabicChinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianJapanesePortugueseRussianSpanish