Anúncio
Anuncie
Anúncio

Filme de 1971 está ligado, em todos os sentidos, à movimento que finalmente abordou tais comunidades

Falar sobre as alas afro-americanas em Hollywood foi, por muito tempo, um jogo negativo. Haviam basicamente duas formas de representação de personagens do tipo até meados do século XX: coadjuvantes ou como uma figuração fugaz no canto da tela. Hattie McDaniel em …E o Vento Levou e Dooley Wilson em Casablanca são alguns exemplos mais proeminentes de coadjuvantes.

A própria Hattie é absolutamente essencial como precursora da representação afro-americana em Hollywood, tendo vencido o Oscar de melhor atriz coadjuvante, na edição de 1940, com o papel de Nanny no já mencionado clássico. Ainda assim, o modo como a diferença racial entre atores do início do século XX era tratada sempre seguiu a cartilha de como, aos olhos da sociedade à época, cada etnia deveria ser tratada.

Anúncio

Poucos filmes conseguiram simbolizar mais essa regra do que Nascimento de uma Nação, de D. W. Griffith, lançado em 1915. Apesar de laureado pelas inovações técnicas, a obra carrega o estigma de uma mensagem racista em seu enredo e por ter sido a inspiração para o surgimento do grupo Klu Klux Klan. 

Share.
Anúncio

Leave A Reply

Anúncio
Anúncio
ArabicChinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianJapanesePortugueseRussianSpanish