Criador de Life is Strange queria expandir narrativa, mas Square não permitiu

Paulo Boaventura
31 Views
3 Min Read
Life is Strange poderia ter universo mais expansivo
Créditos: Divulgação/Square Enix

O diretor de Life is Strange, Michel Koch, da Dontnod Entertainment, afirmou em entrevista o desejo de que os jogos da série fossem um universo mais expansivo. Porém, segundo ele a Square Enix não ofereceu total controle sobre a criação dos jogos.

O primeiro jogo de Life is Strange alcançou mais de 20 milhões de jogadores. Sobre o primeiro, Koch reconheceu a dificuldade em expandir a história, pois criou o game como algo fechado e sem imaginar a possibilidade de uma continuação. Tudo mudou quando a Square Enix pediu por uma continuação.

Nós conseguimos encaixar Life is Strange 2 no mesmo universo, até criamos links interessantes“, informou Koch. De qualquer forma, o sucesso da história gerou um desejo em expandir ainda mais o universo da série, mas o estúdio não conseguiu criar “conexões complexas e sequências entre os jogos“.

Life is Strange
CRÉDITOS: DontNod

Para ele, seria necessário um maior controle sobre os projetos, mas como a Square Enix é detentora da IP, a publisher não permitiu. “Gostaria de maior liberdade para escrever onde todos os personagens e plots iriam“. De qualquer forma, ele também deixou claro ser grato à Square Enix, pois sem eles Life is Strange sequer existiria.

Life is Strange poderia ter um universo mais expansivo

Atualmente, a DontNod trabalha em Lost Records: Bloom & Rage o primeiro game de uma série que promete uma maior expansão no universo. “Estamos trabalhando nesse primeiro game como a fundação de um possível universo maior“.

Pelo visto, Koch quer construir com Lost Records a narrativa expansiva que sonhou em Life is Strange . Com total liberdade criativa, ele pretende aumentar a complexidade da história e suas conexões.

De acordo com Koch, da DontNod, a série recebeu suporte da Square Enix, mas a empresa tinha planos próprios com a IP. “Eles acharam autores para escrever HQs, e criaram os próprios planos para o universo [do jogo]”.

Resta saber se o próximo game da desenvolvedora vai conseguir se tornar um sucesso como Life is Strange, principalmente o primeiro game com Max e Chloe. Não adianta imaginar um universo expansivo, se ele falhar em cativar os jogadores como Max e Chloe conseguiram.

Conteúdo Relacionado

Fonte: Games Radar

Participe do grupo de ofertas do Adrenaline

Participe do grupo de ofertas do Adrenaline

Confira as principais ofertas de hardware, componentes e outros eletrônicos que encontramos pela internet. Placa de vídeo, placa-mãe, memória RAM e tudo que você precisa para montar o seu PC. Ao participar do nosso grupo, você recebe promoções diariamente e tem acesso antecipado a cupons de desconto.


Entre no grupo e aproveite as promoções

Fonte:

Adrenaline

Share This Article
Leave a review

Leave a review

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *