ClubNation;
Noticias

 Na noite desta segunda-feira, Lady Gaga participou de uma vigília em Los Angeles em homenagem às vítimas de Orlando. Diante da multidão de milhares de pessoas, que se reuniram em frente à prefeitura da cidade, a cantora leu os nomes e idades das 49 pessoas mortas no ataque à boate gay Pulse.

"Eu não posso ajudar, mas sinto que este nível de ódio, como todos os crimes de preconceito, é um ataque contra a própria humanidade", disse a popstar.

Ela continuou: "Hoje à noite eu me reúno com vocês, como ser humano, em paz e sinceridade, com comprometimento e solidariedade, para ter um momento verdadeiro e lamentar a trágica perda dessas pessoas inocentes, bonitas".

A cantora tentou conter as lágrimas enquanto falava à multidão.

"Não vou permitir que minha raiva e indignação com esse ataque ofusque nossa necessidade de homenagear aqueles que estão sofrendo pelos entes queridos que perderam", disse ela. E acrescentou: "Os membros perdidos da comunidade LGBT".